P. Quais são as evidências de que o paraquat não causa a doença de Parkinson, uma vez que associações e correlações foram encont

R. A visão de que o paraquat não causa a doença de Parkinson é motivada pela ausência de evidências de que o paraquat esteja causalmente relacionado com essa doença em seres humanos. Esta ausência de evidência vem depois de mais de 40 anos de uso do produto em todo o mundo. Uma análise feita por cientistas médicos e epidemiológicos seniores independentes, sob a orientação do professor Sir Colin Berry (Professor Emérito da Queen Mary, Universidade de Londres, e ex-membro do Conselho de Pesquisa Médica do Reino Unido) e do professor Pierluigi Nicotera (Diretor Fundador do Centro Alemão de Doenças Neurodegenerativas, de Bonn) não encontrou nenhuma relação de causalidade entre a exposição ao paraquat e doença de Parkinson (Berry, C., La Vecchia, C. & Nicotera, P., (2010). Paraquat and Parkinson’s Disease (Paraquat e a Doença de Parkinson). Cell Death and Differentiation, 17, 1115–1125). Você encontra mais informações aqui.